Lei de Acesso
 

Faça sua busca pelo site


PARQUE DA CIDADE DOM NIVALDO MONTE

natal.rn.gov.br » Parque da Cidade » SEMURB - Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo

  • Setor de Manejo


Setor de Manejo

É o documento que estabelece as normas para o uso da área e o manejo dos recursos naturais. O Plano de Manejo do Parque é constituído por vários programas a saber:

  • Programa de Estudos e Pesquisas - ampliar o conhecimento a cerca do meio físico e biótico;
  • Programa de Monitoramento - acompanhamento sistemático avaliando continuamente as condições dos recursos naturais;
  • Programa de Integração - está relacionado à parte de educação ambiental;
  • Programa de Recuperação Ambiental - identificação e recuperação de áreas naturais degradadas, utilização do solo de acordo com a conservação do patrimônio natural.
  • Programa de Gestão Compartilhada - garantir a participação da sociedade no planejamento e gestão do Parque.

O Plano de Uso Público é um dos programas de manejo da Unidade de Conservação, pois define as atividades a serem desenvolvidas na área, estabelecendo as normas e diretrizes para sua execução. Na área do Parque da Cidade, após a avaliação dos aspectos naturais, culturais e históricos, previamente foram estabelecidas três zonas, a saber: Zona de Recuperação, Zona de Uso Extensivo e Zona de Uso Intensivo.

A Zona de Recuperação, onde não se prevê intervenção antrópica, abrange mais de 95% da área do Parque sendo destinada exclusivamente a promoção da recuperação das áreas degradadas e manutenção dos resquícios ainda preservados.

A Zona de Uso Extensivo compreende a área destinada a manutenção do ambiente natural, ou pouco alterado, oferecendo facilidades de acesso público para fins educativos e recreativos, sendo previstas trilhas, unidades de descanso e estruturação de mirante natural.

Zona de Uso Intensivo, que delimita o espaço previsto para a promoção da educação ambiental e recreação ao ar livre em caráter intensivo e harmonioso com o meio, está previsto a instalação do seguintes equipamentos para garantir a integridade ambiental do Parque: Pórticos de Entrada (Leste e Oeste); Guaritas; Estacionamentos (230 vagas junto a portaria Leste e 48 vagas a Oeste); Unidades de Descanso; Unidade de Sanitários; Plano Inclinado (Sistema mecânico de elevação através de um plano inclinado com cabine sobre trilhos, destinado ao transporte de pedestres pela portaria Oeste) e Centro de Visitantes.

Plano de Manejo na Íntegra

O Setor de Manejo Ambiental (SMA) é a unidade responsável pelo planejamento, gerenciamento e manejo da Unidade de Conservação Municipal (UCM), tendo como principais atribuições:

  • Coordenar a realização de estudos e propor medidas necessárias ao manejo da UCM;
  • Atualizar, implementar e acompanhar o Plano de Manejo da UCM, com vista ao cumprimento e desenvolvimento do mesmo;
  • Elaborar planos, programas e projetos que visem proteger, implantar, recuperar e manter a diversidade e integridade da fauna, flora e processos ecológicos essenciais na UCM;
  • Cumprir a política de conservação ambiental do Município;
  • Promover intercâmbio técnico entre os diversos órgãos afins e UCs, em nível regional e nacional;
  • Divulgar junto à comunidade as atividades desenvolvidas na UCM;
  • Efetuar monitoramento da UCM, com o apoio da Guarda Ambiental;
  • Elaborar relatórios, em prazos a serem estabelecidos, da situação ambiental da UCM;
  • Desenvolver planos, programas e projetos em parceria com o Horto Pitimbu, visando à conscientização da população para a importância ecológica das espécies nativas da flora regional e sua preservação;
  • Apurar denúncias na UCM;
  • Emitir laudos, pareceres e relatórios técnicos para embasar os processos administrativos ambientais, com o devido acompanhamento técnico até o encaminhamento à autoridade competente;
  • Instituir normas que fixem um padrão de qualidade ambiental na UCM;
  • Prestar assistência técnica e fazer executar a produção de mudas, sementes e material vegetativo apropriados a cada unidade prevista no zoneamento do Plano de Manejo;

As atividades realizadas pelo setor de manejo consistem em:

  • Programas de Recuperação das áreas degradadas
  • Realização de experimentos com a vegetação nativa
  • Realização de visitas guiadas
  • Limpeza do Parque
  • Cadastro e monitoramento de visitantes do Parque
  • Orientação da população sobre os temas: meio ambiente, cidadania e sustentabilidade.
  • Projeto de formação de agentes multiplicadores.
  • Acompanhamentos, encaminhamentos e escutas sociais com funcionários e visitantes.
  • Acompanhamento dos processos de compensação ambiental.
  • Reintrodução e monitoramento de espécies nativas apreendidas pela fiscalização e pela Guarda Ambiental.
  • Elaboração de pareceres técnicos ambientais para subsidiar os processos de licenciamentos pleiteados na SEMURB.
  • Parceria com o Horto do Pitimbú na recepção e tratamento fitossanitário de mudas.
  • Apoio ao Setor de Unidades de Conservação do Município no processo de reestruturação do Horto do Pitimbú.
  • Avaliação da Política Ambiental do município para elaboração de propostas que possam contribuir para o progresso da sustentabilidade.
  • Coleta e catalogação de sementes nativas para a produção de mudas no Horto Florestal do Pitimbú.
  • Monitoramento da fauna e da flora através da captura, visualização e catalogação de espécies nativas e invasoras.
  • Monitoramento da qualidade dos recursos hídricos na UCM.
  • Acompanhamento de processos de licenciamento nos limites das ZPAs de Natal.
  • Monitoramento e combate a incêndios florestais nos limites da UCM;
  • Elaboração do diagnóstico das dunas no município de Natal, através do levantamento dos limites, localização e condições ambientais das áreas de dunas.

SEMPLA desenvolvimento. Seguimos as seguintes recomendações de projeto: w3c_aa w3c_xhtml w3c_css