Lei de Acesso
 

Faça sua busca pelo site


Notícias

natal.rn.gov.br » Notícias » Notícias

20/11/2020 12:22
  • Prefeitura oferece Central de Interpretação de Libras para deficientes auditivos de Natal
Alex Régis

A Prefeitura de Natal, através da Secretaria Municipal do Trabalho e Assistência Social (Semtas), oferecer, desde o início desse mês de novembro, um serviço gratuito de intérprete de Libras. A Central de Interpretação de Libras (CIL) funciona na rua Trairi, 784, Petrópolis (Casa dos Conselhos) com o objetivo de oferecer tradução e interpretação em Língua Brasileira de Sinais a surdos ou deficientes auditivos em atividades cotidianas.

 

O intérprete solicitado, por agendamento, poderá acompanhar o solicitante para intermediar a comunicação entre ele e interlocutores em diversas situações, como matrícula escolar, entrevista de emprego, serviço bancário, realização de consulta, exame médico, serviços do INSS e Detran, entre outros.


“A Central de Interpretação de Libras é um pleito muito antigo dos natalenses e representa um grande passo na inclusão social da população surda da capital, possibilitando mais acessibilidade. É importante que o usuário esteja inserido no Cadúnico. Caso não esteja, será encaminhado para fazer o seu cadastramento", ressalta a secretária, Andréa Dias, titular da Semtas.

 

O acompanhamento de um intérprete pode ser solicitado pelo telefone 3232.9252, pelo email centraldelibrasnatal@gmail.com ou presencialmente das 8h30 às 13h30. Auricéa Xavier, diretora da assessoria técnica da Semtas, ressalta que a solicitação deve ser feita com 48h de antecedência da necessidade do agendamento. 

 

Natal tem uma população com deficiência auditiva de 5.296 pessoas, segundo o último censo do IBGE, realizado em 2010. Destes, 2058 já estão inseridos no Cadastro Único Nacional para programas sociais.

 

A Central de Interpretação de Libras foi instituída por meio do Decreto Municipal n⁰ 11848, assinado em 20 de novembro de 2019. É uma estrutura pública desenvolvida dentro do Plano Nacional da Pessoa com Deficiência para dar suporte aos surdos no acesso a serviços básicos como saúde, educação e transporte e que está inserida no rol das políticas públicas de direitos humanos e inclusão social. A política de assistência social, por meio da Semtas, será responsável por estruturar e gerir a Central.





Compartilhar no Facebook   Compartilhar no Twitter   Enviar por E-mail   Gerar para Arquivo/Imprimir  

SEMPLA desenvolvimento. Seguimos as seguintes recomendações de projeto: w3c_aa w3c_xhtml w3c_css