Lei de Acesso
 

Faça sua busca pelo site


Notícias

natal.rn.gov.br » Notícias » Notícias

14/07/2020 11:00
  • Prefeitura de Natal entrega cestas básicas a instituições religiosas
Divulgação

Das 1.667 cestas básicas que serão distribuídas, esta semana, pela Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social (Semtas), 890 serão entregues em igrejas, centros espíritas e terreiros de umbanda. Desde março, a Prefeitura do Natal vem assistindo à população em situação de vulnerabilidade econômica temporária por causa da pandemia da covid-19. Já foram distribuídas mais de 24 mil cestas básicas e 250 mil máscaras através da Semtas.

 

A laicidade garante a todo indivíduo o direito de adotar uma convicção religiosa, de mudar de convicção ou de não adotar nenhuma. A Prefeitura de Natal atendeu ao chamado de várias instituições religiosas neste momento de pandemia. “Temos uma enorme diversidade de grupos religiosos em Natal e a Semtas pertence a todos eles. Reconheço a importância de todas as religiões e iremos atender igualmente ao chamado das pessoas, sempre em favor do cidadão”, garantiu a secretária Andréa Dias.

 

Durante esta semana, serão beneficiadas, por exemplo, o Fórum Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional dos Povos Tradicionais de Matrizes Africanas, Centro Espírita Irmãos do Caminho, Comunidade Evangélica Monte de Deus, Instituto Terreiros do Futuro e Igreja Kadosh Internacional.

 

A equipe da Semtas já percorreu as quatro zonas da cidade, entregando alimentos através de quase 200 entidades, instituições e associações sociais e/ou beneficentes, que solicitaram a ajuda da Prefeitura para alimentação das famílias atendidas por elas. A distribuição seguiu os critérios da Política de Assistência Social, de acordo com as condições de vulnerabilidade e risco social, obedecidas pela Semtas a qualquer tempo.

 

Diante do momento de calamidade pública devido à pandemia, a Secretaria intensificou e ampliou essa ação para pessoas em vulnerabilidade temporária, aquelas que tinham renda e perderam devido à suspensão das atividades econômicas pelos decretos de isolamento social, que atingiu várias categorias profissionais e, principalmente, trabalhadores informais.



  • Notícias relacionadas




Compartilhar no Facebook   Compartilhar no Twitter   Enviar por E-mail   Gerar para Arquivo/Imprimir  

SEMPLA desenvolvimento. Seguimos as seguintes recomendações de projeto: w3c_aa w3c_xhtml w3c_css