{literal}
Lei de Acesso
 

Faça sua busca pelo site


Notícias

natal.rn.gov.br » Notícias » Notícias

17/04/2020 12:20
  • Vigilância elabora nota técnica de segurança para delivery

Com a adoção de medidas preventivas e as restrições de algumas atividades comerciais devido à pandemia da Covid-19, os serviços de entrega de alimentos tiveram um grande aumento no cotidiano dos moradores de Natal. Pensando em minimizar os riscos de contágio e a preocupação com toda a comunidade que utiliza o delivery, a Secretaria Municipal de Saúde de Natal (SMS-Natal), por meio do Departamento de Vigilância em Saúde (DVS) e do Setor de Vigilância Sanitária (SVS), disponibilizaram uma Nota Técnica com orientações para proteger a saúde da população em relação a essa atividade.

 

A nota N° 005/2020, disponível na página natal.rn.gov.br/covid-19, traz orientações no que se refere à manipulação e higienização dos alimentos, tanto para os entregadores, quanto para os estabelecimentos e os consumidores, tudo isso com a intenção de reduzir as formas de contágio e riscos de infecção no combate ao novo coronavírus. Para denúncias sanitárias ou de alguma irregularidade, você pode entrar em contato pelos números 0800-281-4031 ou pelo 3232-8608. Além do Núcleo de Alimentos pelo telefone 3232-8609 ou pelo Serviço de Plantão pelo 3232-8520.  

 

ENTREGADORES   

Para os trabalhadores que lidam com o transporte dos alimentos, é recomendado assegurar uma distância social de 1,5 a 2,0 metros  entre as pessoas e evitar aglomerações, especialmente nos pontos de concentração e espera pela saída dos pedidos no estabelecimentos.

 

Lavar as mãos entre as entregas e portar álcool a 70%, que deve ser utilizado antes do contato com as embalagens que serão destinadas ao consumidor, e após o manuseio do dinheiro ou da máquina de cartão de crédito, é outro cuidado. Além disso, deve-se manter a higienização do veículo e a caixa térmica sempre limpa.

 


ESTABELECIMENTOS

Os estabelecimentos devem dispor de materiais para garantir a higiene dos seus funcionários, como álcool 70% nas áreas internas, sabonete líquido inodoro e anti séptico, papel toalha não reciclado e lixeiras com acionamento de pedal nas instalações sanitárias e nos lavatórios das áreas de produção. Medidas de higienização, como lavar as mãos com frequência, devem ser cumpridas à risca.

 

O cuidado na hora do preparo e no manuseio dos alimentos é outro detalhe imprescindível, pois eles devem estar em embalagens adequadas, limpas e lacradas.

 


CONSUMIDOR

O consumidor deve adotar medidas que evitem o contato com dinheiro ou as máquinas de cartão, por isso devem realizar o pagamento, quando possível, via aplicativo online. Em casos de pagamentos presenciais, devem adotar medidas de higiene após o contato, como lavar as mãos ou usar álcool a 70%. Também devem observar as condições de entrega e do entregador, relatando problemas ou irregularidades no aplicativo.

 

Evitar apoiar as sacolas de entrega diretamente em mesas ou pias e descartá-las antes da abertura das embalagens. As embalagens de alimentos e bebidas devem ser higienizadas com álcool a 70% e manipuladas com as mãos limpas. Os alimentos devem ser transferidos para um recipiente limpo, e as mãos devem devem ser higienizadas antes de realizar a refeição.



  • Notícias relacionadas




Compartilhar no Facebook   Compartilhar no Twitter   Enviar por E-mail   Gerar para Arquivo/Imprimir  

SEMPLA desenvolvimento. Seguimos as seguintes recomendações de projeto: w3c_aa w3c_xhtml w3c_css