Lei de Acesso
 

Faça sua busca pelo site


Notícias

natal.rn.gov.br » Notícias » Notícias

06/09/2019 17:38
  • Região Sul discute em oficina do Plano Diretor os problemas e as potencialidades da região
Divulgação Semurb

As oficinas de revisão do Plano Diretor de Natal (PDN) por região administrativa chegou nesta sexta-feira (07), a zona Sul de Natal, que é composta por sete bairros - Candelária, Lagoa Nova, Candelária, Capim Macio, Neopolis, Nova Descoberta e Ponta Negra. As discussões aconteceram no auditório da Universidade Potiguar (UnP) da Avenida Nascimento de Castro e seguem neste sábado (07), no auditório da OAB, que fica na rua Barão de Serra Branca, em Candelária. O evento, que é aberto a toda população natalense, não apenas da zona, avança na etapa chamada "Leitura da Cidade", com apresentação de dados específicos da área e também informações gerais necessárias para nivelar os participantes da reunião. No total serão 12 oficinas, 8 por regiões administrativas, sendo duas em cada uma delas. Todos os dados estão disponíveis na página do plano diretor.


Nesta fase da leitura técnica-preliminar, a Prefeitura apresentou os dados específicos da zona e também as informações gerais necessárias para nivelar a todos nesse processo participativo. Além disso, mostra aos participantes de forma didática e em mapas os dados sobre população, situação socioeconomica, dinâmica imobiliária e serviços básicos de infraestrutura da área. Na leitura comunitária, quando se recebe se as contribuições dos participantes, a popilação discute os principais problemas existentes, as potencialidades e as questões prioritárias para a região.


O segundo momento é com a leitura da comunidade, quando todos participantes discutem entre eles os principais problemas existentes, as potencialidades e as questões prioritárias para aquela região.  Entre as potencialidades elencadas foram: regulamentação das Zonas de proteção Ambiental (ZPAs), Não edificantes e de Interesse Turístico (ZETs) e sua ocupação com a instalaçao de equipamentos de esporte e lazer, criação de fruição e fachada ativa. Enquanto os problemas foram inexistência de um sistema municipal de áreas verdes, baixo indice de potencial construtivo, limitação do adensamento pela ausência de infraestrutura, mudança no coeficiente básico de aproveitamento e alteração no cálculo da outorga, entre outros.

Todas as reuniões são coordenadas pela Secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb), são o momento onde os anseios da população são ouvidos e discutidos para depois serem sistematizados pelos dos Grupos de Trabalho (GTs), responsáveis por inserir essas contribuições na minuta de revisão. A dinâmica delas serão as mesmas em todas as regiões,sempre em dois dias nas sextas e sábados, com o mesmo conteúdo, para que mais pessoas possam ter a oportunidade de participar.


O secretário da pasta, Daniel Nicolau assegura que a Prefeitura não tem um plano diretor pronto. "Esse é momento que vamos realmente refletir sobre as necessidades coletivas, com uma discussão técnica e transparente. E assim formular propostas que de fato transmitam esses anseios e gerir com qualidade o espaço urbano. Hoje estamos nas oficinas regionais, mas também em paralelo já estão acontecendo as setoriais com vários segmentos da sociedade. E por isso, convido a todos a participarem e serem produtidos, já que praticamente nenhuma outra legislação oferece essa oportunidade à população de construir efetivamente melhores políticas para a cidade como o Plano Diretor", ressalta ele.


Confira a AGENDA das próximas oficinas:

07/09 - Oficina Zona Sul
Auditório da OAB-RN (Candelária)
10/09 - Oficinas Entidades Profissionais
17/09 - Oficinas Instituições de Ensino
13 e 14/09 - Oficinas Zona Oeste
20 e 21/09 - Oficinas Zona Norte

Todas começam a partir das 8 horas.


Compartilhar no Facebook   Compartilhar no Twitter   Enviar por E-mail   Gerar para Arquivo/Imprimir  
SEMPLA desenvolvimento. Seguimos as seguintes recomendações de projeto: w3c_aa w3c_xhtml w3c_css